As melhores leituras de 2013: #6 A mulher mais linda da cidade, de Bukowski

mulher-mais-linda-da-cidade

Esta coletânea de contos é ótima para quem ainda não conhece o Buk. Tem de tudo, da vida de presidiário, de assaltos violentos, as dores de ser explorado em subempregos, as mulheres… Ah, as mulheres…

mulher masi linda

No mundo de Bukowski, as mulheres são como alienígenas, seres que o autor admira, ama, mas não compreende. E é com essa atitude de quem diz “QUE PORRA É ESSA?” toda vez que uma mulher faz alguma coisa que começa o livro, com um conto de um cara muito feio que atrai o interesse de uma mulher muito linda.

[Há quem diga que o autor é misógino, machista. Mas eu também sou muito sensível a autores machistas (hello, Henry Miller) e não condeno muito o fato de Buk não entender as mulheres, porque a maioria das mulheres que aparecem nas histórias dele são LOUCAS.]

Enfim, o conto principal do livro foi adaptado em um curta carioca, chamado “Quando morremos à noite”. Você pode assisti-lo abaixo:

Outros contos incluem uma história na prisão, outro de um que trabalha em um açougue e sofre bullying, e de uma dupla que faz uma visita inesperada a um astro de Hollywood… a surpresa não vou dizer qual é!

O livro é vendido por no máximo 5 reais na livraria e vale muito a pena. Recomendo.

Anúncios

Autor: Amanda Alexandre

Uma eterna amante das paixões humanas. Ser adulto dá medo. E é fantástico também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s