DOWNLOAD: Vale das bonecas, de Jacqueline Susann em PDF, Epub ou MObi

BAIXAR LIVRO NO FORMATO .Epub

BAIXAR LIVRO NO FORMATO .Mobi

BAIXAR LIVRO NO FORMATO .Pdf

Créditos: LêLivros (eu apenas converti)

Lembra-se do machismo dos anos 50?

Imagine que você é um garota chata boazinha que acabou de se mudar para Nova York e tem tudo o que uma jovem que acabou de se mudar para NY quer: um emprego que paga pouco, mas é glamoroso, e um apartamento horroroso que você divide com sua BFF de veia artística. (Há toda uma beleza boêmia em se ter apartamentos horrorosos em Manhattan.)

Você também sai com esse carinha chamado Allen, porque, no alto de sua chatice você também gosta de sair para jantar com as pessoas para poder dizer a elas o que elas deviam fazer da vida, e o vendedor de seguros pobrinho se encaixa no perfil “amigo da friendzone”.

Aí, Allen, o suposto “cara legal” joga a bomba, em uma série de diálogos que bem que poderia ser resumidos assim:

– Eu sou rico. Ah, e agora a gente é noivo!

– Mas Allen eu não quero casar com você!

– Bobagem, eu sou rico!

– Mas eu não te amo!

– Ah, mas você vai mudar de ideia! Eu não disse que eu sou rico?

– Mas eu nem tenho vontade de te beijar!

– Ah, deve ser porque você não gosta de sexo! Eu já te disse que eu sou rico?

Então você, como boazinha chata que você é, aceita esse noivado forçado até ter coragem de dizer para o babaca cara legal que ele é um babaca perdeu a cabeça. No dia seguinte, o seu noivado sai na primeira página do jornal e o teu chefe inventa essa história:

“Ei, você vai ter que continuar com esse noivado de mentirinha, senão você vai acabar se apaixonar pelo bonitão mulherengo aqui do escritório, e eu não quero que isso aconteça, porque eu sou um cara tão legal que adoro ficar me metendo na vida pessoal dos meus empregados.”

Sim, o enredo é ridículo assim mesmo.

E sim, ela acaba se apaixonando pelo bonitão mulherengo do escritório. SPOILER: Depois do primeiro beijo, ela chora dizendo: “Obrigada por me fazer acreditar no amor!”

Mas não é exatamente esse tipo de livro. Apesar de ser previsível às vezes, este não é um típico chick lit. Não existe final feliz. A mensagem é mostrar o quão glamorosa e miserável é a vida dos ricos e famosos, focado nas mulheres… ou em como ser uma mulher era (ou ainda é?) é péssimo.

“Esse é um mundo de homens e as mulheres só reinam nele enquanto são jovens e bonitas.”

Por que uma mulher trabalharia duro na carreira que ama? Para poder acabar seca e sozinha? Para poderem comprar coisas que elas ter há dez anos atrás se tivessem se casado com um homem rico?

E olha que algumas mulheres ainda querem viver em uma sociedade machista, onde suas únicas qualidades relevantes são juventude, beleza, capacidade de agradar os outros e olhar para o outro lado quando o seu marido invariavelmente se cansar de você…

Anúncios

Autor: Amanda Alexandre

Uma eterna amante das paixões humanas. Ser adulto dá medo. E é fantástico também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s